Talita Quintanilha

Talita Quintanilha

Psicólogo

Rio de Janeiro,

Compreender para ajudar. Compromisso que assumi como psicóloga, pós-graduanda em Psicoterapia Vivencial, com experiência em Saúde Mental e várias outras contribuições acadêmicas em busca do bem estar psíquico,... saiba mais

Consultório Particular

Consultório Particular

    • Av. das Américas, 12900 - Ala Chile - sala 210
    • 22790-701 Rio de Janeiro, Rio de Janeiro RJ
  • Mostrar número

Selecionar a data conveniente e marcar uma consulta!

{0}{1}

Consultório particular

Consultório particular

    • Largo São Francisco de Paula, 26 Sala 1108
    • 20051-070 Rio de Janeiro, Rio de Janeiro RJ
  • Mostrar número

Opiniões dos pacientes

Especialidades & Doenças tratadas

Especialidades

  • Aconselhamento e Orientação a Pais
  • Terapia de Casal
  • Transtornos em Crianças e Adolescentes
  • Psicologia Infantil
  • Terapia Familiar
  • mais

Doenças tratadas

  • Estresse
  • Automutilação
  • Alienação Parental
  • Depressão Pós-Parto
  • Enurese (incontinência urinária)
  • Depressão
  • Transtorno Da Personalidade Obsessivo-compulsiva
  • Abandono Afetivo
  • Transtornos Do Comportamento Infantil
  • Transtornos de Ansiedade
  • Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)
  • Transexualidade
  • mais

Serviços

  • Consulta Psicologia

    individualmente

Sobre mim

placeholder

Compreender para ajudar. Compromisso que assumi como psicóloga, pós-graduanda em Psicoterapia Vivencial, com experiência em Saúde Mental e várias outras contribuições acadêmicas em busca do bem estar psíquico, emocional e comportamental das pessoas.
Contudo, acredito na frase de Jung que diz: "Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana."
Minha formação é com crianças e adolescentes. Fases de grandes processos de desenvolvimentos e conflitos emocionais. Entender e nomear seus próprios sentimentos são os primeiros passos do processo terapêutico, onde o psicólogo é um facilitador.
A psicoterapia já deixou de ser um "bicho de sete cabeças" e passou a ser necessária. Assim como cuidar de outras partes do corpo, precisamos cuidar da nossa mente.

Formação

  • Universidade Católica de Petrópolis

Idiomas

  • Português

Redes sociais